domingo, 23 de maio de 2010

BEM CASADO, uma doce tradição!


Bem casados, bem nascidos, bem noivados, bem chegados e bem qualquer outro evento!

Deliciosos e tradicionais docinhos para grandes e pequenas comemorações.

O bem casado que conhecemos hoje em dia é uma variação das famosas receitas de casadinhos portugueses.

Estes doces são comuns até hoje em Portugal, sendo assim um item indispensável nas festas e comemorações lusitanas. A diferença básica entre casadinho português e o bem casado brasileiro é que a textura do casadinho português é mais densa. Ambos são descendentes indiretos do multi centenário Alfajor árabe.

O bem casado simboliza a união de um casal, e possui vários significados. É dito que o bem casado foi criado segundo o que diz a Bíblia, no livro de Gênesis, sobre quando Deus criou o homem e a mulher. Deus criou primeiro o homem, Adão, e depois a mulher, Eva, e ambos estão predestinados a se unirem e tornarem-se um só. Esta união de dois seres distintos que se unem em um é o que representa o bem-casado.

O bem casado ganhou várias formas e recheios conforme foi se espalhando pelo mundo. Em Portugal, o doce se apresenta com uma camada de ovos moles no meio, mania lusitana, e ainda é presente no Rio de Janeiro onde a influência portuguesa é bem expressiva. Em São Paulo predomina o doce de leite claro ou o escuro.

Outro recheio bastante comum é o de leite condensado cozido na própria lata.

Não importando a forma ou o recheio, não há casamento bom que você não receba um bem casado depois.

Experimente fazer em casa, fáceis e práticos, você vai fazer sucesso!

Ingredientes da massa:

3 claras
3 gemas
1/2 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sobremesa) de essência de baunilha
1 colher (sobremesa) de amido de milho
1 colher (sobremesa) de fermento em pó

RecheioTradicional:
Doce de leite ou 1 lata de leite condensado cozido por 30 minutos em panela de pressão.
Atenção:Esperar a lata esfriar bem para abrir.
Nozes:
1 lata de leite condensado cozido por 30 minutos
2 colheres (sopa) de creme de leite
Nozes trituradas a gosto

Misturar todos os ingredientes.

Creme de Gianduia (avelã)

1 lata de leite condensado
1 caixa de creme de leite (200 g)
1 colher (sopa) de manteiga ou margarina, uso culinário
1 copo pequeno de creme de avelã (nutella)
Misturar os ingredientes e levar ao fogo mexendo sempre até engrossar.

Calda:
1/2 quilo de açúcar
1 xícara (chá) de água

Massa:

Em uma tigela, peneirar juntos a farinha de trigo, o amido de milho e o fermento em pó e reservar.

Separar as gemas das claras e bater as claras em ponto de neve na batedeira, na velocidade mais alta por 5 minutos. Elas devem ficar bem durinhas, formando picos firmes quando levantadas no ar. Continuar batendo e acrescentar o açúcar aos poucos, depois colocar as gemas uma a uma. sem a pele (passar na peneira para tirar a pele), a baunilha e o açúcar. Bater por 15 minutos até obter uma massa cremosa e fofa.

Desligar a batedeira e acrescentar a farinha de trigo, amido de milho, o fermento em pó e mexer delicadamente.

Com o auxílio de uma colher, pingar porções pequenas da massa em uma assadeira untada e enfarinhada, mantendo distância entre as porções. Pode-se utilizar um saco de confeiteiro ou um saquinho plástico com a ponta cortada.

Preparar a assadeira:

No mercado já existem assadeiras próprias para bem casado, mas se você não tiver, veja como pode fazer:


A forma deve ser do tipo tabuleiro ou de pizza.

Untar com óleo comum ou manteiga e jogar um pouco de farinha de trigo espalhando por toda a superfície e laterais.

Bater a forma com as mãos para soltar o excesso de farinha e jogar o excesso fora. Se preferir pode usar papel manteiga para forrar a assadeira. Facilita para soltar os bolinhos e para lavar. Basta apenas cortar um pedaço um pouco maior que a assadeira e forrá-la.

Dica: Para os tamanhos saírem iguais, após enfarinhar a forma, marcar círculos com a boca de um copo ou cortador.

Levar ao forno alto (200ºC) préaquecido, por cerca de 5 minutos ou até corar levemente.

Retirar da assadeira ainda mornos.

Depois de frio, unir os biscoitos com o doce de leite ou outro recheio, formando sanduíches e passar na calda.

Dica:

Quando for unir o bem-casado, colocar o recheio na parte que ficou em contato com a assadeira.

Calda: Misturar e levar ao fogo até começar a ferver. Mergulhar os bem casados rapidamente e, aos poucos nessa calda com a ajuda de um garfo, virá-los para que fiquem molhados por igual.

Deixar descansar por 12 horas antes de embalar.

Enquanto os doces secam, cortar quadrados de +/- 20 cm de lado em papel crepom e celofane. Para embalá-los, colocar o pedaço de papel celofane sobre o papel crepom e o doce sobre o papel celofane. Depois enrolar e dobrar as pontas para baixo. Amarrar com fitinhas de cetim para dar um acabamento delicado.








Se for servir em casa poderá apresentá-los em uma bonita bandeja, sem embalar.

Rendimento: Aproximadamente 40 unidades pequenas

BEM CASADO 2

Ingredientes:

6 ovos
6 colheres (sopa) de açúcar
1/2 colher (café) de fermento em pó
14 colheres ( sopa) de farinha de trigo peneirada
Raspas de um limão

Recheio:

De sua preferência
Calda:

2 xícaras ( chá) de açúcar
1/2 xícara ( chá) de água morna
Manteiga para untar Farinha de trigo para polvilhar

Na batedeira, juntar os ovos com o açúcar e bater por 15 minutos até obter um composto fofo e aerado, (peneirar as gemas antes de colocar junto com as claras para bater).

Desligar a batedeira e acrescentar lentamente a farinha de trigo e o fermento misturados e peneirados, as raspas de limão e misturar delicadamente, usando um fuet ou escumadeira para continuar aerando a massa.

Numa assadeira untada e enfarinhada, pingar a massa com uma colher de sobremesa, formando pequenos bolinhos com cerca de 4 centímetros de diâmetro. Manter espaço entre os bolinhos.

Para facilitar o trabalho, pode-se usar um saco de confeiteiro ou um saco plástico com a ponta cortada.

Assar em forno préaquecido a 200ºC, por cerca de 4 a 5 minutos, até a massa dourar.

Cuidado para não assar demais, pois queima muito fácil.

Retirar da assadeira quando estiverem mornos e dar formato aos bem-casados unindo os bolinhos, dois a dois, com o recheio.


Calda:

Misturar o açúcar na água morna. Mergulhar os bem-casados rapidamente e, aos poucos, nessa calda (sempre fora do fogo) e, com a ajuda de um garfo, virá-los para que fiquem molhados por inteiro.

Escorrer no próprio garfo e colocar sobre uma grade para secar.

Se for necessário, pingar um pouco de água morna na calda, durante o preparo, para evitar que resseque.

Servir os bem casados embrulhados em papel celofane, papel crepom e lacinhos de fita.


Se for servir em casa poderá apresentá-los em uma bonita bandeja, sem embalar.

Rendimento: Aproximadamente 80 unidades pequenas.

OBS: OS BEM CASADOS PODEM SER FEITOS COM ATÉ 15 DIAS DE ANTECEDENCIA, EMBALADOS E CONSERVADOS NA GELADEIRA.

5 comentários:

Zari disse...

quando eu casar, vc vai fazer os bem casados?

adorei!

beijo

Mariazita disse...

Querida amiga Teresa
Gostei muito deste post porque, além de fornecer receitas de um doce de que gosto muito, contém vasta informação muito interessante.
Dos bem casados já tenho o tabuleiro :))) só falta fazê-los! E receitas aqui é o que não falta, cada qual a melhor.
Tenho que experimentar porque, como disse, é um doce muito ao meu gosto.

Até sempre. Beijinhos

Monica disse...

Mari, antes de tu casar... ela vai fazer pro primeiro neto dela. O Bem-Nascido. risos
EU TAMBEM QUEROOOOOOOOOOO!!!!!!
Tia Tereza, aceita encomendas???? risos

To achando esse blog uma perdição. Ta fogo...
beijao e parabens.

mariana silva disse...

eu queria saber por quanto vendemos o centro do bem nascidos?
os seus estão lindos tando os bem nascidos como as embalagens. beijos e espero a resposta...

mariana silva disse...

tanto os bem nascidos como as embalagens estão lindos !!!!
queria saber por quanto teriamos que vendermos o centro dos bens nascidos?
bjs grande e aguardo sua resposta